quarta-feira, 13 de abril de 2011

Era só que faltava!

Ronaldinho: história do puro amor com o Flamengo e o Rio


Se você leu a manchete, por favor responda: qual o tão grande feito do Ronaldinho Gaúcho pra ter recebido homenagem da ABL, se nem mesmo – segundo o próprio – sequer gosta de ler? Só jogar no Flamengo time do qual o José Lins do Rego Cavalcanti é/era imortal-torcedor já é o suficiente? Ah, vá!

Sinceramente, tudo nesse país anda mal das pernas... e numas das poucas instituições que, ao meu ver, ainda merecia credibilidade, o senhor presidente – Marcos Vilaçavem e me faz uma dessas. Quero morrer!

Custava ter homenageado o imortal – que a essa altura não sobraram nem os resto mortais de sua imortalidade pra contar história – com uma camisa do seu time do coração, pra ficar menos feio? Ou homenagear o próprio clube, sei lá.

É lamentável que num país tão rico de bons escritores, merecedores de reconhecimento, o que/quem realmente importa seja deixado de lado. Até mesmo esquecido, ou nem lembrado.

O que me conforta é que o rapaz foi no mínimo sensato quando não mentiu. Já pensaram se o “pobre” diz que adora ler, e o cão cutuca um imortal pra de repente lhe perguntar qual seu escritor favorito? Ou qual seria um bom livro para se entrar/se aprofundar na leitura?

Tsc, tsc...

7 comentários:

  1. Pessoa íntegra esse Ronaldinho

    " Não tenho livro preferido, ler não é muito a minha, mas fico feliz com a homenagem. Vou pegar umas dicas com o pessoal aqui. Trarei a família para conhecer melhor tudo isso. Cultura nunca é demais – declarou Ronaldinho"

    Com mto jogo de cintura arrumou a cagada dos outros, e olha que ele nem é de ler...

    ResponderExcluir
  2. Tem um ruido na noticia ai...
    Ronaldo n foi homenageado, ele foi para a homenagem ao Jose Lins do Rego, e na ocasiao ganhou um livro.

    de qualquer forma, concordo que a ABL seja uma instituiçao problematica, administrada sob fortes influencias politicas, e que hoje foge completamente de seu proposito original.

    ResponderExcluir
  3. Eu queria dizer tanta coisa, mas vou resumir: Sarney é membro da ABL. Reflita.

    ResponderExcluir
  4. Lana na noticia escrita fala só isso mesmo, mas na reportagem em video no mesmo link fala da homenagem ao Ronaldinho.

    ResponderExcluir
  5. Que instituição no país não é para manipulação, e uso como arma política. Me perdoe, mas ABL podia ser marca do meu papel higiênico que eu não ligaria.
    Não é de impressionar, o pegador de trans do Ronaldinho virou santo quando aposentou... virou herói, grande benfeitor...

    To ferrado mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Então ne...

    Qdo vi aquela medalha linda, do machado de assis, a única coisa q me veio no lado positivo, otimista e ingênuo da minha mente é que a ABL quer incentivar o Ronaldinho a ler Machado de Assis. iauahauahaua

    ResponderExcluir