sábado, 4 de junho de 2011

Hey apple! Um rim!

Chinês vende um rim para comprar o iPad 2

Jovem chinês de 17 anos vende um rim para comprar um ipad2. Segundo ele, sua "brilhante" idéia surgiu após ver um anúncio na internet, tendo em vista que esta é uma prática frequente na china em relação à sua relevância e ao que se espera ingenuamente de um país desenvolvido. Seu argumento é de que não havia dinheiro. Bem, havia um rim sobrando, nada mal não é?

Vendeu um rim para comprar um ipad2. Qualquer um poderia chamá-lo de louco irresponsável. Mas não o enxergo como um caso isolado. Não estou tentando absolvê-lo da culpa e responsabilidade ao afirmar que os valores estão doentes. Sem se apegar a moralidades, não me refiro ao que é bom ou não, mas no mínimo que se fundamente! Ou seja, a cultura do "gozar a qualquer preço" nos coloca em situações de risco.

O que acontece é que estamos anestesiados para a ruptura dos corpos que for necessária para nos fazermos sujeitos dentro do tecido que nos dobra e, desta forma, buscando o refúgio do mal-estar, criando idealizações fantásticas, que só reforçam o próprio apelo.

E mais uma coisa: que hospital aluga o departamento de urologia e não sabe o que se passa la dentro?

5 comentários:

  1. Com meu fígado não descolo nem um Nokia 1100.

    ResponderExcluir
  2. Isso que eu chamo de negócio da China!

    ResponderExcluir
  3. Ainda sobre o assunto no Um sábado qualquer: http://www.umsabadoqualquer.com/discipulo-de-adao/

    ResponderExcluir
  4. caramba, hein!

    é... fiquei me perguntando: se fosse possível vender um órgão por um bom dinheiro, será q não o fariamos?

    Seja quem quer comprar uma casa própria, seja quem quer comprar um ipad, seja quem tem que pagar a conta do hospital do filho... mto complexo...

    ResponderExcluir